Brandon FlowersRolava um boato na internet que o vocalista do The Killers, Brandon Flowers, teria vindo ao Paraná (isso mesmo, à terra do pinhão e do leite quentE) como um missionário da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Teria vindo à Ponta Grossa, veja você, acompanhado de um outro companheiro mórmon como ele, que relatou a história. Aqui no Brasil, Brandon era conhecido como Elder Flowers.

Mas, durante uma coletiva para jornalista brasileiros na Dinamarca, onde a banda se apresentou no Roskilde Festival, veja o que ele respondeu ao repórter Bruno Maia, do G1.

G1 – Recentemente houve um boato de que você chegou a morar no Brasil em 2000. Isso tem algum fundo de verdade?
Flowers –
[Risos] Não, eu nunca estive no Brasil. Eu sonho com isso. Eu gostaria de ir à América do Sul em geral. O meu irmão passou um tempo no Chile. Estou muito empolgado para ir até lá em outubro.

Pergunta em tom jocoso do blogueiro: será que Flowers estaria tentando encobrir uma verdade constrangedora para ele e para a fama da sua banda, ou seria a internet, como diz Ziraldo, um antro de débil mental? Amiga minha lá de PG jura que ficou com alguém parecido…

Quem sabe teremos outro capítulo da novela em outubro, quando além do The Killers, o Tim Festival nos brindará também com Arctic Monkeys e a gritaria islandesa da Björk, quiçá, aqui ao lado, na Pedreira Paulo Leminski.

Publicado por Diogo Dreyer

Anúncios