Seleção quase que toda roqueira para os amigos do .::musicness::. No finzinho, uma xepa eletrônica.

1. Death Cab fos Cutie – I Will Possess Your Heart [MP3]

death-cab-for-cutie.jpg

Essa faixa foi postada pelo grupo de Seattle em sua página no MySpace. É o primeiro single do aguardado sexto álbum, Narrow Stairs. A música tem mais de oito minutos e vai por um caminho bem diferente do que a banda mostrou no aclamado Plans, lançado em 2005. A versão que irá para as rádios, claro, terá menos de quatro minutos. Em uma entrevista, o vocalista Ben Gibbard avisou que o novo álbum será bem “bipolar” e terá algumas músicas mais longas do que as pessoas estão acostumadas a escutar. Narrow Stairs sai no dia 13 de maio nos Estados Unidos.

2. Supergrass – Diamond Hoo Ha Man [MP3]
É difícil para uma banda perder a alcunha de “one hit wonder”. Para o Supergrass, a resposta para isso é o rock n’roll. Derruba a casa e não deixe as paredes em pé! Assim a banda escolheu, no segundo disco, passar dos hits juvenis como “Allright”, do álbum de estréia, para produções mais elementares e sérias. Já o disco novo, Diamond Hoo Ha, que chegou às lojas em março, tem um quê experimental ao mesmo tempo em que as guitarras e o pop ligeiro retornam.

3. Elbow – Grounds For Divorce [MP3]
O Elbow sempre foi o tipo de banda que eu gostei, mas nunca amei. É aquele tipo que você só lembra mesmo quando lança disco novo ou quando se depara com aquele CD velho na estante. Nesse caminho, o novo single da banda vai descortinando a toada do álbum The Seldom Seen Kid, lançado no mês passado na Inglaterra. No trabalho, ainda aparecem o delicioso vocal de Guy Garvey e o baixo marcante, mas a banda parece se distanciar do rock-suave que beirava o Cold Play para irromper com toadas e muitos elementos de blues.

4. The Raconteurs – Salute Your Solution [MP3]
Faixa do disco Consolers of the Lonely, cuja existência foi escondida até praticamente o lançamento por Jack White e Brendon Benson. O álbum, então, veio como uma bomba: sem resenhas, sem críticas e sem expectativas. O som, bem, caindo no lugar comum, é a cara do Led Zepellin e tal. Mas achei o disco mais agressivo e “veloz” que o primeiro. “Salute Your Solution”, então, é paulera. Ouve aí.

UPDATE: O link para a faixa foi retirado a pedido da XL Recordings.

5. Young Knives – Up All Night [MP3]
Faixa extraída do álbum Superabundance, recém-lançado no UK, que tem fácil uma das capas mais feias do ano. A música é um roquinho inglês sincero, daqueles que o Peter Doherty vem tentando fazer desde que saiu do Libertines (e, na minha opinião, ainda não conseguiu). Já o disco todo reflete uma banda desesperada para convencer no segundo trabalho e, provavelmente por esse motivo, introduz influências de um largo espectro, saindo do post-punk chegando até Arctic Monkeys. O curioso é que eles acabaram acertando a mão em músicas tão distintas que nem parecem fazer parte do mesmo disco: enquanto “Turn Tail” é cheia de violinos e tem um refrão grudento, “Fit 4 U” é Gang of Four puro.

6. The Kills – Getting Down [MP3]
Bateria eletrônica, alguns samples, baixo, guitarra e a ótima parceria vocal de Alison Mosshart e Jamie Hince. Musiquinha legal de doer. A faixa é do disco novo, Midnight Boom, já resenhado pelo rraurl.

7. Ladytron – Black Cat [MP3]

ladytron01.jpg

Esse é o primeiro single do novo álbum da banda, Velocifero, programado para sair em junho. A faixa é isso que diz o nome: sombria, marcada pelos sintetizadores, e ainda cantada em búlgaro (!). Coisa de bruxo. É como se a vocalista Mira Aroyo estivesse punindo o ouvinte. Mas num bom sentido, claro.

Postado por Diogo Dreyer

Anúncios