MjAxMy01ZGQ3OTQ5YzYyMjY0Yjc0

Ir pra academia é um prazer pra muita gente: há quem chame o programa de “treino”(comparando a puxação de ferro a esporte profissional), há quem se apaixone pelos suplementos a base de proteína a ponto de submeter suas coloridas  embalagens aos filtros do Instagram, e há, é claro, as hashtags motivacionais “#nopainnogain”e “#projetoverao” onipresentes na sua time-line. Bastante gente gosta disso tudo, mas eu não: esporte pra mim é ao ar livre, na praia, na grama ou no parque, de modo que as abafadas academias estão bem distantes do que considero o lugar ideal pra querer suar, e acho que potes de farelo de proteína estão mais próximos de ração que de refeição.

Eis que vem da notável criatividade inglesa uma ideia genial: uma festa que se propõe a substituir as maçantes atividades das academias. Chamada de “Morning Glory”, o evento acontece todas as quartas-feiras em um galpão localizado no bairro londrino de Shoreditch, das 06:30hs às 10:30hs da manhã. Sucos, vitaminas, café e massagem estão incluídos no pacote, e a entrada custa 10 Libras Esterlinas, algo em torno de 36 Reais. Segundo os organizadores, a ideia foi testada em algumas raves pelo Reino Unido e hoje conquistou clubbers da velha guarda que já não têm aquele pique todo pras noitadas e pessoas fugindo da atmosfera padronizada das academias.

A BBC fez a matéria abaixo (em vídeo) sobre a iniciativa, que você pode conferir em português aqui, e a “Morning Glory” tem site oficial e página no Facebook também. Pra este “treino”, podem me chamar!

Anúncios